quarta-feira, 12 de dezembro de 2012

FOTOGRAFANDO CORUJAS - NOVIDADES NO EQUIPAMENTO

ATUALIZAÇÃO DO " LIGHT OWL SEGURATOR"


Coruja Suindara (Tyto alba) - foto realizada a uma distância de 6 metros com Canon 7D - lente 300mm
 e flash Canon EX 540
No post publicado anteriormente sobre a construção do suporte para iluminação destinado a ser usado em fotos noturnas- principalmente para fotos de Corujas - citei que utilizo uma lanterna tática (ou policial) de grande potencia, apesar do tamanho reduzido e que isto é de grande valia nestas ocasiões devido ao pequeno peso e a grande quantidade de luz gerada, facilitando muito o autofoco pela câmera.
Mas na prática surgiu um problema devido a esta potencia gerada...os animais acabavam se assustando com o faixo emitido e voavam rapidamente.
Enquanto buscava uma alternativa para o problema acabei assistindo a um programa na NatGeo com o cinegrafista de natureza Lawrence Wahba em que ele descreve a técnica usada na captação de imagens noturnas e era muito simples!
Os animais eram iluminados com potentes lanternas revestidas com uma gelatina vermelha - do tipo usado em iluminação cênica - e desta forma os animais não estranhavam a luz vermelha gerada, e no caso da filmagem bastava apenas que calibrassem o White-Balance das câmeras para esta cor, conseguindo assim imagens belíssimas sem o uso de equipamentos caríssimos de visão noturna.
Achei a ideia muito interessante e fácil de fazer, primeiro pensei em usar um antigo filtro Red que possuía aqui, prendendo o mesmo na frente da lanterna, mas como o diâmetro do mesmo era maior que o da lanterna (50mm) achei que ficaria muito difícil a mobilidade em campo, correndo sempre o risco de enroscar em alguma coisa- principalmente no escuro.
Analisando a construção da lanterna que uso, descobri que a frente da mesma podia ser desmontada e a lente  podia ser removida...daí a coisa ficou fácil, pois bastava então conseguir um pequeno círculo de material transparente na cor vermelha e inseri-lo entre a lampada e a lente.Consegui isto usando um pequeno pedaço de capa de PVC, utilizada para encadernações com espiral, portanto você deve encontrar fácil e qualquer empresa que faça serviços de encadernação.
Vejam um passo a passo ilustrado de como fazer a adaptação:

Recorte o PVC com uma tesoura - CUIDADO - crianças não devem fazer isto
sem a supervisão de um adulto responsável...rsrsrsrsrss!

Insira o PVC sobre a lampada

Recoloque a lente

Feche com o anel roscado frontal

Monte novamente o seu "Light Owl Segurator"

Pronto para o uso
Faltava agora testar o equipamento em campo e achei melhor faze-lo nas mesmas condições em que testei anteriormente e neste caso devia tentar fotografar novamente a Suindara.
Como já sabia o local onde ela costumava estar ( uma pequena estrada na área rural em Araçoiaba da Serra) e eu iria passar por lá nos próximos dias, resolvi aguardar e torcer para a coruja ainda estar naquela região.
Voltamos para lá e cheguamos ao local por volta de 21 hs e pela falta de iluminação pública já estava bem escuro.Seguimos com o veículo bem devagar e pude ver a Suindara e o seu contorno em um mourão a uns 50 mts. de onde estávamos, apagamos os faróis e liguei o "Light Owl Segurator", aproximando-nos muito devagar.
Chegamos a uma distancia de uns 2 metros e permaneci dentro do veículo mas com a lanterna iluminando diretamente a coruja...e foi INCRÍVEL! Ela parecia não se incomodar com aquela luz diretamente apontada para ela, tanto que fiz a primeira foto sem o flash, apenas com a luz emitida pela lanterna.A correção do WB fiz posteriormente no Adobe Camera Raw.

Suindara (Tyto alba) fotografada a 2 metros de distancia, sem flash.
Para evitar trepidação na foto usei prioridade de tempo, trabalhando com 1/30s e ISO 500.
Nesta distancia e com uma lente 300mm na 7D (equivalendo a 480mm) não conseguia enquadrar a coruja totalmente e resolvemos mudar o veículo de posição, ainda com os faróis desligados levamos o carro ao outro lado da rua e agora com o uso do flash fiz diversas fotos, incluindo a imagem que faz a abertura deste post.
Não testei o aparato em outros animais e ainda não sei qual será a reação destes, mas no caso da coruja foi algo realmente surpreendente de se ver.
E fica provado com isto que ainda existe Vida Inteligente na TV, pelo menos em alguns canais por assinatura.

4 comentários:

  1. Muito bom parceiro,Viva a NatGeo rsrsrs

    ainda to para comprar essa lanternatatica e fazer este seu "Light Owl Segurator" da para patentear e vender para fora hein rsrsr um abraço parabens pelo blog...

    ResponderExcluir
  2. Obrigado Paulo,
    Quem sabe não teremos o produto como mais uma exclusividade da Polishop...rsrsrsrs

    ResponderExcluir
  3. robertofgenesini2 de maio de 2013 15:43

    Hola amigo, soy Argentino, de Posadas - Misiones y tenemos la mismas pasiones!!! Felicitaciones por la vida que llevas y la iniciativa de dar a conocer las bellezas de la naturaleza, nosotros hacemos algo parecido en Argentina. Me encantó la página y particularmente esta nota. Un abrazo y estaremos en contacto!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fiquei muito feliz com suas palavras, amigo! Espero ainda poder conhecer e fotografar a nossa querida Argentina. Ainda irei conhecer a região de Trelew, Patagônia.
      Abraços.
      Pompeo

      Excluir